PRESSÃO ARTERIAL ALTA OU HIPERTENSÃO

Pressão arterial alta raramente é acompanhada de outros sintomas, e o seu diagnóstico normalmente acontece depois de um rastreio ou durante uma consulta médica para outros problemas. Uma parte significativa de hipertensos revela sofrer de dores de cabeça (sobretudo na parte posterior da cabeça e durante a manhã), assim como sensação de desmaio, vertigens, zumbidos, distúrbios na visão ou episódios de desmaio. Assim como a hipertensão, a pressão arterial baixa também pode trazer problemas, por isso é importante saber o que é pressão arterial alta.

 

Pressão arterial alta: saiba tudo sobre a temida hipertensão

 

 

  Pressão Arterial pode ser alta, média, baixa, diastólica, normal, ideal, sistólica

 
 

 

Pressão Arterial Alta ou hipertensão arterial é uma doença crônica determinada por elevados níveis de pressão sanguínea nas artérias.

 

 

 

Nas últimas décadas o número de hipertensos tem aumentado progressivamente devido a fatores como maior expectativa de vida, maior incidência de obesidade, sedentarismo e maus hábitos alimentares.

Abordaremos as seguintes questões sobre a hipertensão arterial:

- Sintomas da hipertensão arterial.
- Diagnóstico da hipertensão arterial.
- Valores normais da pressão arterial.
- Doenças causadas pela hipertensão arterial.
- Hipertensão maligna e urgência hipertensiva.
- Remédios para pressão arterial alta.

 

A Pressão Arterial Alta faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer circular o sangue através dos vasos sanguíneos. A pressão sanguínea envolve duas medidas, sistólica e diastólica, referentes ao período em que o músculo do coração está contraído (sistólica) ou relaxado (diastólica) entre batimentos. A pressão normal em repouso situa-se entre os 100 e 140 mmHg para a sistólica e entre 60 e 90 mmHg para a diastólica. Define-se como pressão arterial alta (hipertensão) a pressão sanguínea de valor igual ou superior a 140/90 mmHg.

A pressão arterial alta pode ser classificada em hipertensão primária ou secundária. Cerca de 90 a 95% dos casos são classificados como hipertensão primária, o que significa que a elevada pressão sanguínea não tem causa médica identificável. Os restantes 5 a 10% dos casos são motivados por outros transtornos que afetam os rins, artérias, coração ou o sistema endócrino.

 

Quanto é considerado pressão arterial alta? Veja a tabela.


A pressão arterial alta é um dos principais fatores de risco para a ocorrência de acidentes vasculares cerebrais, enfartes do miocárdio, aneurismas das artérias, doenças arteriais periféricas, além de ser uma das causas de insuficiência renal crônica. Mesmo que moderado, o aumento da pressão sanguínea arterial está associado à redução da esperança de vida. O controle da pressão sanguínea pode ser conseguido com alterações nos hábitos alimentares e do estilo de vida, reduzindo assim o risco de complicações clínicas, embora o tratamento através de medicamentos seja normalmente necessário em indivíduos nos quais a adoção de um estilo de vida saudável se mostre insuficiente ou ineficaz.

 

 

O QUE É PRESSÃO ARTERIAL ALTA

 

Chamada de Hipertensão, a Pressão Arterial Alta é o aumento desproporcionado dos níveis da pressão em relação, principalmente, à idade. Uma doença que ataca os vasos sangüíneos, coração, cérebro, olhos e pode causar paralisação dos rins. Ocorre quando a medida da pressão se mantém freqüentemente acima de 140 por 90 mmHg.

A pressão arterial normal num adulto alcança um valor máximo de 140 mmHg (milímetros de mercúrio) e mínimo de 90 mmHg. Valores maiores indicam hipertensão (pressão arterial alta).

 

 

FATORES DE RISCO PARA HIPERTENSÃO

 

Essa doença é herdada dos pais em 90% dos casos, mas há vários fatores que influenciam os níveis de pressão arterial, entre eles:

 

- Fumo;
- Consumo de bebidas alcoólicas;
- Obesidade;
- Estresse;
- Grande consumo de sal;
- Níveis altos de colesterol;
- Falta de atividade física;
- Além desses fatores de risco, sabe-se que a sua incidência é maior na raça negra, aumenta com a idade, é maior entre homens com até 50 anos e entre mulheres acima de 50 anos, é maior em diabéticos.

 

Fatores de risco: principais causas da Pressão Arterial Alta

Apesar de ser uma doença hereditária em 90% dos casos, outros fatores influenciam.

 

 

SINTOMAS DA PRESSÃO ARTERIAL ALTA

 

 

Os sintomas da hipertensão costumam aparecer somente quando a pressão arterial sobe muito: podem ocorrer dores no peito, dor de cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal. A importância dos cuidados com a pressão arterial alta não está nos sintomas, mas nas graves complicações que podem provocar um enfarte agudo de miocárdio, ou um derrame cerebral e até a morte de forma instantânea.

 

A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento para ser controlada. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente, mas, além dos medicamentos disponíveis atualmente, é imprescindível adotar um estilo de vida saudável: manter o peso adequado, se necessário, mudando hábitos alimentares; não abusar do sal, utilizando outros temperos que ressaltam o sabor dos alimentos; praticar atividade física regular; aproveitar momentos de lazer; abandonar o fumo; moderar o consumo de álcool; evitar alimentos gordurosos; controlar o diabetes.

 

Como tratar a pressão arterial alta ou hipertensão.

 

 

 

 

 

 

                                             Não encontrou o que procura? Pesquise no Google:

 

 

 

HIPERTENSÃO          CAUSAS          SINTOMAS          TRATAMENTO

 

 

 

IMPORTANTE: Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações aqui acessadas. O site pressaoarterialalta.com não possui nenhum vínculo com laboratórios farmacêuticos ou com fabricantes de medicamentos em geral. Todas as informações contidas neste site, tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca do tema pressão arterial alta. Este artigo expressa tão somente o ponto de vista de profissionais da área de saúde  e de seus respectivos autores.

 

 

 

 

 

 

Copyright © - Todos os direitos reservados para o site Pressão Arterial Alta - www.pressaoarterialalta.com - Revisado em Fevereiro de 2012.

 

Tudo sobre Hipertensão ou Pressão Arterial alta.